Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Notícias Bizarras

15 de mar de 2011

Menino dá golpe de 'Street fighter' e vira símbolo de luta contra bullying

Vídeo mostra garoto se livrando de 'valentão' com movimento de Zangief.
Imagem dominou posts em redes sociais como Reddit, Digg e Twitter.


Zangief menino golpe youtube (Foto: Reprodução/YouTube)
Menino australiano se livra de bully e vira herói na
internet

Um vídeo publicado na internet nesta segunda-feira (14) transformou um jovem australiano no símbolo da luta contra o bullying.

As imagens mostram um garoto identificado como Casey Heynes sendo agredido por um colega em um colégio da cidade de Dunheved, enquanto outros jovens riem e acompanham a cena.

Heynes não reage aos primeiros golpes, até o momento em que ele passa a se defender, agarrando o adversário e o atirando ao chão.

O vídeo virou o assunto mais comentado do dia em sites de compartilhamento de links como Reddid e Digg. No Twitter, entraram na lista de termos mais citados o nome Casey Heynes e a expressão "Bullying FAIL", além do personagem "Zangief".

Algumas edições do vídeo ganharam trilha sonora do game "Street fighter II", pois o golpe desferido pelo adolescente é semelhante ao utilizado por Zangief, personagem de um dos jogos de luta mais populares da história dos arcades.

Fonte: G1

0 mil comentários:

Postar um comentário




Seguir as Mierdas

Descrição de Mierda

Blog destinado a reunir informações, curiosidades do cotidiano e crítica social em forma de humor. Muito entretenimento, piadas, gifs, imagens engraçadas, tirinhas, perguntas idiotas e de duplo sentido que não irão te ajudar em absolutamente nada. Conteúdos que vão deixar sua mente mais vazia do que já é. Qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência, portanto, se alguém se sentir ofendido(a) por algum conteúdo postado aqui, favor entrar em contato informando o problema. Não significa que irei retirar ou modificar o post pois aqui não existe democracia, EU MANDO e ponto final mas irei verificar e analisar todas as reclamações. Porque aqui nada cheira bem.