Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Atropelamento de ciclistas na Massa Crítica em Porto Alegre

28 de fev de 2011

Uma salva de repulsas à estupidez humana (CENAS FORTES):

O que se faz com um "ser" desse?!?

Saiba mais sobre este massacre absurdo aqui.

7 mil comentários:

Claudia Alves disse...

Essa notícia me deixou absolutamente revoltada.
Que pessoa é essa capaz de fazer isso? absurdo.
http://claudiaalvesinteriores.blogspot.com/

Danilo de Lima disse...

Absurdo demais, mesmo! E triste em se ver...

http://desquotidiano.blogspot.com/

thoughts of a modern warrior disse...

Prender numa solitária para o resto da vida!!!

RNH disse...

nossa que tenso isso o.o e o cara vai alegar legitima defesa, e diz que o filho dele de 15 anos é uma criança ok ok u.u

Rubi disse...

Nossa, que coisa mais absurda.

Bispo Morcego disse...

O cara aparentemente é normal,
esse pessoal, estava fazendo passeata,
sempre tem alguns fdp no meio,
o cara disse que estava com medo de ser linchado!
Honestamente,
é um fato para ser analisado,
e não pré-julgado.
Não acredito que ele tenha feito um strike por diversão ou por simples vontade.
Não gosto de julgar, sem ter conhecimento da causa.

Mosaicos de uma vida disse...

Impressionante a imagem. Barbárie, irresponsabilidade, falta de sensibilidade e controle pessoal. Essa pessoa não pode andar solta por ai.

Postar um comentário




Seguir as Mierdas

Descrição de Mierda

Blog destinado a reunir informações, curiosidades do cotidiano e crítica social em forma de humor. Muito entretenimento, piadas, gifs, imagens engraçadas, tirinhas, perguntas idiotas e de duplo sentido que não irão te ajudar em absolutamente nada. Conteúdos que vão deixar sua mente mais vazia do que já é. Qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência, portanto, se alguém se sentir ofendido(a) por algum conteúdo postado aqui, favor entrar em contato informando o problema. Não significa que irei retirar ou modificar o post pois aqui não existe democracia, EU MANDO e ponto final mas irei verificar e analisar todas as reclamações. Porque aqui nada cheira bem.